Cordel é tema de Atividade para Crianças

Fundac e UCDB promovem encontro de incentivo à leitura para estudantes

 

Foto - João Carlos Castro

Alunos da UCDB responsáveis pelo projeto apresentaram as histórias de cordel de forma divertida para as crianças

A literatura de cordel e suas possibilidades artísticas foram o tema das atividades promovidas ontem pela manhã, com os alunos da Escola Sesc, na Sala de Leitura Infantil Ruth Rocha, localizada no Horto Florestal. Mantida pela Fundac (Fundação Municipal de Cultura de Campo Grande) e a UCDB (Universidade Católica Dom Bosco), a sala organiza atividades de incentivo à leitura.

Duas turmas do 1º ano do ensino fundamental visitaram o espaço. Cerca de 60 alunos, com idade entre 6 e 7 anos e em fase de alfabetização. Animados com a música em ritmo nordestino, os alunos participaram de atividades e ouviram a história de João Grilo, personagem famoso do cordel, da literatura e também do cinema, como no filme “O Auto da Compadecida”.

Os alunos de letras da UCDB organizaram a aula especial. O cenário foi montado com um pequeno palco, decorado com os livrinhos pendurados em cordas. Originada de Portugal,a literatura de cordel chegou ao Brasil com a colonização portuguesa. Popular na região nordeste do país, a manifestação se tornou um dos maiores símbolos da cultura nordestina, sendo responsável pela divulgação de histórias típicas de alguns Estados, como a do casal Lampião e Maria Bonita.

De acordo com a professora de letras e coordenadora do projeto Almanaque UCDB, Ângela Cristina Catonio, cada atividade organizada pela sala de leitura aborda um tipo de literatura. “Esse ano é a primeira vez que trabalhamos o cordel. Em cada período escolhemos um tema, como saúde e língua portuguesa”, enumera Ângela.

Para a coordenadora, a literatura de cordel é muito rica e oferece diversas possibilidades de aprendizado. “Apesar de ser original de Portugal, a literatura de cordel assumiu traços tipicamente brasileiros, se tornando uma manifestação popular”, frisa. Crianças tiveram apresentação com o acompanhamento de um músico Os acadêmicos apresentaram a história de uma forma divertida para as crianças, com o acompanhamento de um violão. “Assim as crianças se interessam mais. O cordel é uma literatura simples, que não precisa de muito para ser feita. Apesar de ser rica, ela ainda não é uma literatura muito difundida em outras regiões, o que precisaria ser mudado”, acredita Ângela.

Após a apresentação as crianças também participaram de jogos educativos. A aluna Fernanda Fernandes, de 6 anos, aprovou a atividade. “Achei legal, gostei das músicas”, afirma a pequena. Milena de Marco, 6 anos, também gostou das brincadeiras. “Eu achei legal. Eu não tive sorte na hora de tirar o nome”, lamentou a menina por ter errado a resposta da brincadeira. Para a professora dos alunos, Roberta Ortega Matheus, é interessante que as crianças entrem em contato com a literatura de cordel.

“Com a divulgação que a novela da Globo está fazendo sobre as histórias do cordel, acredito que o interesse das crianças seja maior. Chama a atenção delas e é uma forma também de ensinar a literatura, principalmente para elas que estão em fase de alfabetização”, pontua Roberta, referindo-se à novela das seis “Cordel Encantado”.

Ângela reforça que o projeto Almanaque UCDB também pode ser realizado em outros pontos da cidade, inclusive em escolas. “Estamos em diversos locais, como aqui e também na FCMS (Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul). Mas visitamos escolas e realizamos atividades com as crianças”, frisa a coordenadora.

SERVIÇO – Informações sobre o projeto Almanaque UCDB podem ser obtidas pelo telefone (67) 3312-3760. Já a Sala de Leitura está localizada dentro do Horto Florestal e tem a entrada gratuita.

Publicado em 26/05/2011
www.oestadoms.com.br
Autor: Naiane Mesquita

Matérias relacionadas:

Comentários
1 resposta para “Cordel é tema de Atividade para Crianças”
Deixar um comentário